segunda-feira, 16 de outubro de 2017

#3 Japão Interior

We delve into Japan’s ever expanding universe of sounds, an intimate journey to the heart of the technology utopia, melodies cascading like glittering digital dust over reimagined futures, deep roots and distant traditions. From early experiments to contemporary adventures, music to meditate inside your customised cocoon in the consumer’s electronic paradise.

*

Mergulhamos no universo sonoro japonês, em permanente expansão, para uma viagem intimista ao centro da utopia tecnológica. Melodias, desfeitas em poeira digital, cobrindo futuros re-imaginados, raízes ancestrais e tradições distantes. De experiências pioneiras até aventuras contemporâneas, música para acompanhar meditações no interior de casulos personalizados no paraíso da electrónica de consumo.

domingo, 8 de outubro de 2017

#2 Visões da China

This time we step into China, in search of the sound coming out of an immense country that moves at different speeds. The memories and promises of glorious times still resonate strongly, and so does the beat of the eternal future, faster than the shadow of the past. What’s the real China? Is it the one where “shanzhai” frantically reinvents everything or the one where the great poet Li Bai sings alone while the moon listens in silence? Find out for yourself.

*

Continuamos próximos de Macau, mas de olhos e ouvidos postos no outro lado da fronteira. Que sons vêm da China, um país movido a diferentes velocidades. As memórias e promessas de tempos gloriosos ainda têm uma forte ressonância, tal como o ritmo do eterno futuro, mais rápido do que a sombra do passado. Qual é a verdadeira China? É aquela onde “shanzhai” significa a frenética reinvenção de tudo ou aquela onde o grande poeta Li Bai canta enquanto a lua o escuta em silêncio? Descubra.

domingo, 1 de outubro de 2017

#1 Macau Glória

The first episode is dedicated to Macau, the territory that the colonial Portugal recreated as a mythological symbol of an imperial and imaginary national identity, and also as the place constantly going through profound transformations that still keeps its unique ways of life unscathed – at least to the most attentive eye. And ears.

*
O primeiro episódio é dedicado a Macau, enquanto território que o Estado Novo português recriou como símbolo da mitologia nacional e também enquanto lugar de permanente transformação, que, todavia, vai deixando intactas e à vista e aos ouvidos menos desarmados peculiares formas de vida.